Práticas recomendadas para arquivos rich media

O Google indexa a maioria dos tipos de páginas e arquivos. Veja alguns detalhes sobre tipos específicos de rich media:

Práticas recomendadas gerais

Caso você pretenda usar rich media no seu site, veja algumas recomendações para evitar problemas.

  • Tente usar rich media só onde for necessário. Recomendamos usar HTML para conteúdo e navegação.
  • Forneça versões de texto das páginas. Caso use uma tela de apresentação não HTML na página inicial, inclua nela um link HTML normal para uma versão de texto da página. Assim o usuário ou o Googlebot poderá navegar pelo site sem a necessidade de rich media.

Em geral, os mecanismos de pesquisa funcionam com base em texto. Isso significa que, para ser rastreado ou indexado, seu conteúdo precisa estar em formato de texto.

Isso não significa que você não possa incluir conteúdo rich media, como Silverlight ou vídeos, no seu site. Porém, qualquer conteúdo incorporado nesses arquivos deve estar disponível também no formato de texto para ser acessível a todos os mecanismos de pesquisa. Os exemplos abaixo mostram os tipos mais comuns de conteúdos que não são texto, mas as diretrizes são semelhantes para todos os tipos de material. É preciso incluir equivalentes em texto dos arquivos em outros formatos. A tecnologia Flash não é mais compatível.

A inclusão do texto facilita o rastreamento e a indexação pelo Googlebot, além de deixar seu conteúdo mais acessível. Muitos usuários não podem ver imagens em páginas da Web, como as pessoas com deficiência visual e os usuários de leitores de tela ou de conexões com baixa largura de banda. Por isso, incluir o conteúdo de texto aumenta seu público-alvo.

Vídeo

Confira as práticas recomendadas de vídeo.

Iframes

Às vezes, os iframes são usados para exibir o conteúdo em páginas da Web. O conteúdo que aparece em iframes pode não estar indexado nem disponível nos resultados da pesquisa do Google. Recomendamos evitar o uso de iFrames para mostrar conteúdo. Se você incluir iframes, forneça links adicionais baseados em texto para o que é exibido. Assim o Googlebot poderá rastrear e indexar esse material.

Flash

A tecnologia Flash não é mais compatível. Recomendamos usar outro formato, como HTML5.