Introdução

O Google Slides API permite criar e modificar as apresentações do Apresentações Google.

Os aplicativos podem ser integrados à Google Slides API para criar belos conjuntos de slide automaticamente com dados fornecidos pelo sistema e pelo usuário. Por exemplo, você pode usar dados de um banco de dados sobre um cliente e combiná-los com modelos pré-projetados e opções de configuração selecionadas para criar apresentações finais em muito menos tempo do que se criasse tudo manualmente.

Visão geral do API

O conjunto de apresentações fornece métodos que permite obter e atualizar elementos dentro da apresentação.

A maior parte do seu trabalho com a Slides API provavelmente será a criação e a atualização de apresentações. Você pode fazer isso usando o método batchUpdate. Este método obtém uma lista de objetos Request que permitem fazer o seguinte:

Criar slides Adicionar elementos a slides, como figuras ou tabelas Inserir, modificar e remover texto Aplicar transformações a elementos *Alterar a ordem dos slides

Confira Atualizações em lote para obter mais detalhes. Leia os guias de Primeiros passos para ver um exemplo de ponta a ponta simples sobre como usar a API.

A estrutura de uma apresentação

Uma apresentação da Slides API é composta de páginas, que contêm elementos de página.

O ID de uma apresentação pode ser derivado do URL:

https://docs.google.com/presentation/d/presentation ID/edit

páginas e elementos de página são identificados por IDs de objeto.

Páginas

O Apresentações Google tem três tipos de página:

Masters Os slides-mestre definem os estilos de texto, o plano de fundo e os elementos de página padrão que aparecem em todos os slides que usam esse mestre. Elementos de página que têm que aparecer em todos os slides devem ser adicionados ao master. A maioria das apresentações tem um slide-master, mas algumas podem ter vários ou nenhum.
Layouts Os layouts são um modelo de como os elementos de página serão organizados por padrão nos slides por meio de um layout. Todo layout é associado a um master.
Slides Estas páginas contêm o conteúdo que você apresenta ao público. A maioria dos slides se baseia em um master e em um layout. Você pode especificar um layout para cada slide ao criá-lo.

Elementos de página

Os elementos de página são os componentes visual colocados nas páginas. A API expõe diversos tipos de elemento de página:

Grupo Um conjunto de elementos de página tratados como uma unidade. Eles podem ser movidos, dimensionados e girados em conjunto.
Figura Um objeto visual simples, como retângulos, elipses e caixas de texto. As figuras podem conter texto, por isso são os elementos de página mais comuns na criação de slides.
Imagem Uma imagem importada para o Apresentações.
Vídeo Um vídeo importado para o Apresentações.
Linha Uma linha, curva ou conector visual.
Tabela Uma grade de conteúdo.
WordArt Um elemento de texto visual que se comporta de forma parecida com uma figura.
SheetsChart Um gráfico do Planilhas Google importado para o Apresentações.

Atualizações em lote

O método batchUpdate permite atualizar diversos partes de uma apresentação. As alterações são reunidas em um lote para que, se uma solicitação falhar, nenhuma das demais (que podem ser dependentes) sejam gravadas.

O método batchUpdate coleta um ou mais objetos Request , com cada um especificando um único tipo de solicitação a ser realizada. Existem muitos tipos de solicitação. Veja a seguir o detalhamento dos tipos de solicitações, agrupados em diferentes categorias.

Como trabalhar com o Apresentações: CreateSlideRequest
UpdateSlidesPositionRequest
DuplicateObjectRequest
UpdatePagePropertiesRequest
DeleteObjectRequest
Como trabalhar com elementos de página: CreateShapeRequest
UpdatePageElementTransformRequest
UpdateShapePropertiesRequest
DuplicateObjectRequest
DeleteObjectRequest
Como trabalhar com tabelas: CreateTableRequest
InsertTableRowsRequest
InsertTableColumnsRequest
DeleteTableRowRequest
DeleteTableColumnRequest
UpdateTableCellPropertiesRequest
DeleteObjectRequest
Como trabalhar com gráficos: CreateSheetsChartRequest
RefreshSheetsChartRequest
DeleteObjectRequest
Como trabalhar com imagens e vídeo: CreateImageRequest
CreateVideoRequest
UpdateImagePropertiesRequest
UpdateVideoPropertiesRequest
ReplaceAllShapesWithImageRequest
DuplicateObjectRequest
DeleteObjectRequest
Como trabalhar com texto: InsertTextRequest
DeleteTextRequest
ReplaceAllTextRequest
CreateParagraphBulletsRequest
UpdateTextStyleRequest

O método batchUpdate retorna um corpo de resposta, que contém um Request para cada solicitação. Toda resposta ocupa o mesmo índice que a solicitação correspondente. Para solicitações sem resposta, a resposta desse índice será vazia. As diversas solicitações Create normalmente têm respostas para você saber o ID do objeto que acabou de ser adicionado.

Como trabalhar com IDs de objeto

Uma apresentação da Slides API é composta de páginas e elementos de página. Esses objetos contêm uma string de ID de objeto exclusiva dentro de uma apresentação.

Como especificar IDs de objeto na etapa de criação

Ao criar páginas ou elementos de página usando o método batchUpdate, especificar um ID de objeto para o novo objeto é uma opção. Isso permite criar um objeto e modificá-lo dentro da mesma solicitação batchUpdate, reduzindo o número de chamadas à Slides API e o uso da cota.

Na maioria dos casos, recomendamos gerar um ID de objeto aleatória. Por exemplo, se estiver usando Java, java.util.UUID.randomUUID().toString() deve funcionar bem.

Se o aplicativo quiser manter controle dos objetos por determinado período, não use o ID de objeto porque ele pode mudar. Consulte a seção a seguir para saber mais.

Manter controle dos objetos sem usar o ID de objeto

Ao fazer uma solicitação à Slides API, o ID de objeto normalmente é mantido (as exceções estão especificadas na documentação de referência do método). Fazer uma cópia de uma apresentação inteira com a Drive API também mantém os IDs de objeto.

No entanto, você não pode precisar que um ID de objeto não seja inalterado depois que a apresentação for modificada na IU do Apresentações. Por exemplo, se alguém usar a IU do Apresentações para copiar e colar um elemento de página e depois excluir o original, o elemento de página terá um novo ID exclusivo, e o ID fornecido anteriormente pela API será perdido. Assim, não recomendamos manter IDs de objeto no armazenamento do aplicativo. Em vez disso, você deve encontrar objetos na apresentação pelo seu conteúdo textual ou pelo texto alternativo (alt text).

Em geral, apresentações criadas recentemente usam um conjunto consistente de IDs para slides, masters e caixas de texto padrão. Esses IDs podem mudar com o tempo, por isso recomendamos não depender desse recurso. Em vez disso, encontre os elementos que quiser modificar usando o objeto da apresentação retornado por chamadas de create() ou get().

Enviar comentários sobre…

Precisa de ajuda? Acesse nossa página de suporte.