Register for this year’s #ChromeDevSummit happening on Nov. 11-12 in San Francisco to learn about the latest features and tools coming to the Web. Request an invite on the Chrome Dev Summit 2019 website

Site não usa console.time() em seus próprios scripts

Por que a auditoria é importante

Se você usar console.time() para medir o desempenho de uma página, em vez disso, considere usar a User Timing API. Os benefícios incluem:

  • Timestamps de alta resolução.
  • Dados cronológicos exportáveis.
  • Integração com o Timeline do Chrome DevTools. Quando a função performance.measure() da User Timing for chamada durante uma gravação do Timeline, o DevTools adicionará automaticamente a medição aos resultados do Timeline, como mostrado no rótulo my custom measurement na captura de tela a seguir.

Medição da User Timing no Timeline do Chrome DevTools

Como ser aprovado na auditoria

No seu relatório, o Lighthouse lista todas as instâncias de console.time() que encontrou em URLs. Substituta cada uma dessas chamadas por performance.mark(). Se você quiser medir o tempo decorrido entre duas marcas, use performance.measure().

Consulte User Timing API: como entender seu aplicativo Web para saber como usar a API.

Como a auditoria é implementada

Esta seção explica como esta auditoria é implementada para que você possa compreender como a pontuação da auditoria é calculada.

O Lighthouse relata todas as instâncias de console.time() encontradas em scripts no mesmo host da página. Os scripts de outros hosts são excluídos, pois o Lighthouse assume que você não tem controle sobre eles. Portanto, podem existir outros scripts que usam console.time() na página, mas eles não serão exibidos no relatório do Lighthouse.