Perguntas frequentes sobre rastreamento e indexação da Pesquisa Google

Este artigo reúne respostas para as perguntas que recebemos com mais frequência sobre rastreamento e indexação do Google.

Como colocar meu site no Google?

O rastreamento e a indexação são processos que levam algum tempo e que dependem de vários fatores. Em geral, não podemos fazer previsões nem dar garantias sobre quando ou se os URLs serão rastreados ou indexados. Ao analisar a indexação do site no Search Console, certifique-se de que as versões "www" e "sem www" (como "www.example.com" e "example.com") tenham sido verificadas. Um arquivo de sitemap pode nos ajudar a saber mais sobre o site, mas não garante a indexação nem o aumento na classificação.

Veja como incluir seu site no Google.

Por que meu site não está indexado?

Em geral, o motivo mais comum para um site não estar indexado é o fato de ele ser muito novo. Aguarde um pouco e solicite que o Google faça o rastreamento e a indexação.

Veja outros motivos comuns para que um site (ou parte dele) ainda não tenha sido indexado:

Para mais informações, consulte Por que minha página não está na Pesquisa Google?.

Tenho o mesmo conteúdo disponível em dois domínios. Como notifico o Google de que os dois domínios representam o mesmo site?

Use um redirecionamento 301 para levar o tráfego do domínio alternativo (example2.org) ao seu domínio de preferência (example.com). Isso informa à plataforma para sempre procurar o conteúdo em um local. É a melhor forma de garantir que o Google e outros mecanismos de pesquisa possam rastrear e indexar o site corretamente. Os redirecionamentos 301 transmitem de maneira adequada os sinais de classificação (como o PageRank ou os links de entrada). Caso queira mudar de domínio, consulte as práticas recomendadas para realizar a mudança.

Meu conteúdo está duplicado? Receberei uma penalização por isso? O que devo fazer?

Geralmente, um conteúdo duplicado não gera ações manuais no site. Para ver mais informações, leia o artigo em inglês que desmistifica a "penalidade de conteúdo duplicado". Caso ainda tenha preocupações ou queira saber mais, leia estes artigos (em inglês):

É melhor usar subpastas ou subdomínios?

Escolha aquilo que é mais fácil para você organizar e gerenciar. O Google não tem preferências quanto à indexação e à classificação.

A validação do código do site (com uma ferramenta como o validador W3C) melhora a classificação no Google?

Não (não diretamente, pelo menos). No entanto, a limpeza do HTML melhora a renderização do site em vários navegadores, além de torná-lo mais acessível.

Uso um serviço de hospedagem que utiliza frames, "redirecionamentos mascarados" ou "encaminhamento mascarado". Isso afetará o rastreamento, a indexação ou a classificação do site?

Recomendamos sempre hospedar o conteúdo diretamente usando o nome de domínio. Geralmente, um serviço de encaminhamento que usa frames impossibilita o rastreamento, a indexação e a classificação do conteúdo com o nome de domínio.

O rastreamento e a indexação das páginas de um site podem levar algum tempo. Embora não seja possível forçar uma atualização, veja algumas dicas que podem ajudar a acelerar o processo:

Meu site usa páginas feitas com PHP, ASP, CGI, JSP, CFM etc. Ele ainda será indexado?

Sim. Em geral, o Google consegue rastrear, indexar e classificar as páginas sem problemas, contanto que as tecnologias veiculem aquelas que estejam visíveis em um navegador, sem plug-ins especiais instalados ou ativados. Não há uma preferência. Todos os formatos são equivalentes em termos de rastreamento, indexação e classificação, contanto que seja possível rastreá-los.

Recentemente, comprei um domínio que costumava ser associado a um site com spam. O que posso fazer para garantir que o histórico de spam não afete o site agora?

Verifique o site no Search Console. Em seguida, confira se há uma ação manual no Relatório de ações manuais.