Ajudar os usuários a acessar facilmente conteúdos em dispositivos móveis

Terça-feira, 23 de agosto de 2016

Na Pesquisa Google, nosso objetivo é ajudar os usuários a encontrar rapidamente as melhores respostas às perguntas deles, seja qual for o dispositivo que estiverem usando. Hoje anunciamos duas mudanças futuras nos resultados da pesquisa em dispositivos móveis que tornarão a descoberta de conteúdo mais fácil para os usuários.

Simplificação dos resultados da pesquisa em dispositivos móveis

Há dois anos, adicionamos um rótulo compatível com dispositivos móveis para ajudar os usuários a encontrar páginas em que o texto e o conteúdo era legível sem aplicar zoom e os alvos de toque foram posicionados adequadamente. Desde então, vimos o ecossistema evoluir. Descobrimos recentemente que 85% de todas as páginas nos resultados da pesquisa em dispositivos móveis atendem a esse critério e exibem o rótulo de otimização para dispositivos móveis. Para mantermos os resultados da pesquisa organizados, removeremos o rótulo. O critério de otimização para dispositivos móveis, no entanto, continuará a ser um indicador de classificação. Continuaremos a oferecer o relatório de usabilidade em dispositivos móveis no Search Console e o teste de compatibilidade com dispositivos móveis para ajudar os webmasters a avaliar o efeito do indicador de compatibilidade com dispositivos móveis nas páginas deles.

Ajudar os usuários a encontrar o conteúdo que estão procurando

Embora a maioria das páginas agora apresente texto e conteúdo legíveis sem a necessidade de aplicar zoom, vimos recentemente vários exemplos de páginas que exibem intersticiais intrusivos aos usuários. Mesmo que o conteúdo seja apresentado na página e esteja disponível para ser indexado pelo Google, ele pode ficar visualmente oculto pelo intersticial. Essa situação pode ser frustrante para os usuários, já que eles não conseguem acessar facilmente o conteúdo esperado ao tocar no resultado da pesquisa.

As páginas que exibem intersticiais intrusivos oferecem uma experiência do usuário mais insatisfatória que outras páginas em que o conteúdo é acessível imediatamente. Isso é problemático em dispositivos móveis, já que as telas, em geral, são menores. Para melhorar a experiência de pesquisa em dispositivos móveis, depois do dia 10 de janeiro de 2017, as páginas em que o conteúdo não é facilmente acessível para um usuário na transição dos resultados da pesquisa para dispositivos móveis não terão uma classificação tão alta.

Veja alguns exemplos de técnicas que deixam o conteúdo menos acessível ao usuário:

  • Mostrar um pop-up que cobre o conteúdo principal, seja imediatamente após o usuário acessar a página nos resultados da pesquisa ou enquanto ele olha a página
  • Exibir um intersticial autônomo que o usuário precisa dispensar antes de acessar o conteúdo principal
  • Usar um layout em que a parte acima da dobra da página é semelhante a um intersticial autônomo, mas o conteúdo original está in-line abaixo da dobra

Exemplos de intersticiais que deixam o conteúdo menos acessível

Veja um exemplo de pop-up intrusivo:

Exemplo de um pop-up intrusivo

Veja um exemplo de um intersticial autônomo intrusivo:

Exemplo de um intersticial autônomo intrusivo

Veja outro exemplo de um intersticial autônomo intrusivo:

Outro exemplo de um intersticial autônomo intrusivo

Em contraste, veja alguns exemplos de técnicas que, usadas de maneira responsável, não são afetadas pelo novo indicador:

  • Intersticiais que parecem ser uma resposta a uma obrigação legal. Por exemplo, por uso de cookies ou para verificação de idade.
  • Caixas de diálogo em sites em que o conteúdo não é indexável publicamente. Por exemplo, isso inclui conteúdo privado, como e-mail, ou conteúdo não indexável que está atrás de um paywall.
  • Banners que usam uma quantidade razoável de espaço da tela e são facilmente dispensáveis. Por exemplo, os banners de instalação de apps fornecidos pelo Safari e pelo Chrome usam uma quantidade razoável de espaço da tela.

Exemplos de intersticiais que não são afetados pelo novo indicador quando usados de maneira responsável

Veja um exemplo de intersticial para o uso de cookies:

Exemplo de um intersticial para o uso de cookies

Veja um exemplo de intersticial para a verificação de idade:

Exemplo de um intersticial para a verificação de idade

Veja um exemplo de banner que usa uma quantidade razoável de espaço da tela:

Exemplo de um banner que usa uma quantidade razoável de espaço da tela

Exploramos anteriormente um indicador que procurava por intersticiais que pediam ao usuário que instalasse um app para dispositivos móveis. Em nossos esforços contínuos de desenvolvimento, vimos a necessidade de ampliar nosso foco para intersticiais em geral. Além disso, para evitar a duplicação dos nossos indicadores, removemos do teste de compatibilidade com dispositivos móveis a busca por intersticiais de instalação de apps e a incorporamos nesse novo indicador na Pesquisa.

Esse novo indicador é somente um de centenas de indicadores usados na classificação. A intenção da consulta de pesquisa é um indicador muito forte, então uma página ainda pode ter uma classificação mais alta caso tenha um conteúdo muito bom e relevante. Como sempre, se você tiver alguma dúvida ou feedback, acesse nossos fóruns para webmasters.